radiolite.pt

As aventuras e desventuras de um operador de rádio. PMR446, CB27, SWL e SDR entre outros.

Diz que é uma espécie de rádio

Inrico TM-7 - network-radios.com

Inrico TM-7 – network-radios.com de CT1EIZ

Desconhecia por completo a existência deste tipo de equipamento. Ao que consta são os “Network Radios”. Se pensarmos um pouco, e parecendo-me agora óbvio, seria apenas uma questão de tempo até que alguém se lembrasse de os fabricar. Falo mais concretamente do Inrico TM-7 e não sei bem o que que lhe chamar. Se um telefone em forma de rádio, se um rádio com sistema operativo Android. Talvez a primeira opção seja a mais adequada.

Isto porque estamos perante um equipamento que utiliza a tecnologia VoIP, fazendo uso da Internet, à qual se liga através de uma rede WiFi ou GSM, e que permite a instalação de aplicações disponíveis na Google Play (como o Zello ou o Echolink entre outras). Não é de facto um rádio, um transceiver verdadeiro, mas um smartphone também não o é, embora haja excepções (ver o por exemplo o S15 da Rangerfone) e isso nunca impediu ninguém de utilizar a mesma aplicação no telefone para comunicar com outros operadores.

Então afinal o que é que muda? Bom, basicamente o que muda é o equipamento que é desta forma dedicado (mas não exclusivo) à comunicação, com o “look and feel” de um rádio verdadeiro. Uma ideia atraente sem dúvida se se gosta de fazer uso, por exemplo, dos crosslink do Zello ao FRN.

Não poderia acabar sem me queixar do preço, pois penso que a novidade aqui está a pagar-se bastante caro, mas lá que ficava bem na minha secretária lá isso ficava.

Previous

Fechar o ano em beleza

Next

Será que é desta?

2 Comments

  1. PMR885

    Efectivamente é muito bonitinho, mas o facto de apenas suportar rede móvel/wifi não me convida a adquirir um. Tenho alguns modelos PTT e efectivamente ainda têm um bocadinho a melhorar no que toca às roms.. Estão muito marteladas, embora um destes ainda não me tenha passado pelas mãos. Mas pelo preço disto, compra-se um dual band Analógico e Digital..

    • Pois também acho carote tendo em conta que podemos também ter as apps no móvel. Dar este dinheiro todo pelo hardware é demasiado para ter “apenas” um formato rádio, dado que já se podem adquirir microfones . Pode ser que baixem de preço.

      O que me “preocupa” é a eventual habituação que estes equipamentos podem causar, com o desviar dos QSOs com base na modulação de frequência para o VoIP. No entanto devo confessar que me despertou interesse.

Deixe uma resposta

Powered by WordPress & Theme by Anders Norén