Começo por dizer que nunca estive numa feira de Rádio. Por norma estas feiras incidem sobretudo na área do rádio amadorismo e eu (ainda) não sou rádio amador. Poder-se-ia dizer que a simples curiosidade e gosto pelas rádio comunicações seria justificação suficiente para fazer uma visita, mas o que é facto é que nunca aconteceu. Simplesmente é uma área em que (ainda) não sou interveniente.

Nestas feiras podem ser encontrados produtos novos e usados há venda, significando isto uma boa oportunidade de negócio para quem vende e para quem compra. Mas nestas alturas há também um outro factor a ter em conta. O convívio com outras pessoas com o mesmo gosto pelas comunicações é talvez o maior atractivo nestas ocasiões.

Este fim de semana (Domingo, 29 de Novembro) tem lugar a conhecida, mesmo para mim que nunca lá estive, Feira da Rádio da Associação de Rádio Amadores da Vila de Moscavide. O local é o já habitual, ou seja, o Instituto Português da Juventude no Parque das Nações em Lisboa e a feira decorre das 10h00 às 17h00.Transcrevo um excerto do texto do site da ARVM sobre o evento: “Estamos a contar consigo: …queremos conhece-lo… queremos auscultar a sua opinião…queremos saber das suas experiências, conviver consigo e dar-lhe pessoalmente…um abraço.” Com este espírito é difícil para um rádio amador não aceitar o convite. E é sempre interessante associar uma cara a uma voz que estamos habituado a ouvir no rádio.

Talvez um dia seja rádio amador e não só operador das bandas de PMR446 e CB27. Se esse dia acontecer já em 2016 como prevejo, embora quem me conhece saiba que já disse várias vezes que ia fazer exame de categoria 3, talvez para o ano lá esteja.

Poderei assim agradecer ao colegas da ARRLX que me apoiaram para que pudesse estar munido da informação necessária para iniciar mais essa aventura pelo mundo rádio.

Até lá, bons contactos, bom convívio e boas compras. Afinal já falta menos de um mês para o Natal.